Hipismo


Hipismo é a arte de montar a cavalo e compreende todas as práticas desportivas e de lazer que envolvam este animal. Como esporte, compreende diferentes modalidades, como saltos, volteio, adestramento, corridas, cce, atrelagem, polo, rédeas e outros.
Apesar de existir desde a Antiguidade, suas regras e competições modernas surgiram no ano de 1883, nos Estados Unidos. No programa dos Jogos Olímpicos modernos, o hipismo foi incluído nos Jogos de Verão de 1912 em Estocolmo, Suécia.
Pode ser praticado por homens e mulheres adultos, crianças e idosos. Em várias de suas modalidades, homens e mulheres competem juntos, em igualdade de condições.

Saltos


Nos saltos, o cavaleiro e seu cavalo devem transpor, em sua totalidade, de 10 a 15 obstáculos ordenados em uma pista que mede entre 700 e 900 metros. A altura dos obstáculos varia de 0,40m a 0,90m para o Salto Iniciante, e de 1,00m a 1,65m para o Salto. O objetivo é terminar o percurso sem derrubar nenhum obstáculo e dentro do tempo proposto. No caso do Salto Iniciante, no tempo mais próximo possível do estipulado pelo Juri (tempo oculto), e no Salto, no menor tempo possível (tempo concedido).

Volteio


Volteio é a modalidade equestre de técnica e equilíbrio. O esporte consiste no volteador fazer acrobacia sobre o cavalo enquanto ele é mantido no galope. O Volteio desenvolve o equilíbrio, a força muscular, o reflexo do atleta e o domínio do corpo sobre o cavalo. A apresentação, individual, dupla ou em equipe, é acompanhada de um ritmo musical, em que os volteadores executam diferentes figuras, enquanto o “longeur” conduz o animal na guia.