2ª via de boleto
 

Conheça a realidade do clube.
A pandemia e a instabilidade no plano de flexibilização com restrições de circulação, imprimiram nova dinâmica para a gestão do clube, que tornou-se ainda mais responsável e comprometida com os associados.

O que a Hípica fez no período da pandemia em 2020?


Em uma ação praticamente inédita entre os clubes de Campinas e SP (a maioria reduziu o valor por 4/5 meses), a SHC estipulou a redução de 20% sobre o valor normal da mensalidade durante nove meses (de abril de 2020 a janeiro de 2021), beneficiando os sócios e suas famílias;
Mesmo assim, a diretoria se sensibilizou com os sócios mais duramente atingidos pela pandemia, não restringindo a entrada no clube dos inadimplentes em negociação;
Manteve o quadro de colaboradores sem perda de salários;
Investiu na manutenção/atualização dos equipamentos e espaços, inclusive com a realização de inúmeras obras que valorizaram o patrimônio do clube.

Como a diretoria conseguiu manter esta redução?


Utilizando-se de ferramentas eficazes de gestão! A diretoria negociou com todos os fornecedores do clube, reduziu os custos, focou com precisão nas demandas imprescindíveis e utilizou-se dos recursos disponibilizados pelo Governo Federal.

Porque as mensalidades voltaram ao valor normal, sem redução?


Um dos fatores mais significativos do período de redução – o subsídio do Governo Federal – foi suspenso em 2021. Além disso, a MP que rege o tema, nos impede de alterar nosso quadro funcional, o que também não é um desejo da diretoria.
Temos que considerar ainda que a Hípica funciona como um condomínio: as grandes despesas do clube, como manutenção, quadro funcional, segurança e administração, independem de seu funcionamento!

A Hípica tem reserva financeira da ordem de R$ 18 milhões. Porque não usar este dinheiro para prorrogar o desconto na mensalidade?


O Estatuto Social da SHC, no Artigo 79 parágrafo único, veta o uso de recursos acumulados em exercícios anteriores para pagamento de despesas correntes. O valor torna-se um ativo para estruturação/ modernização do clube, integrando-se ao patrimônio.
Historicamente, o clube foi administrado em todas as gestões com o mesmo patamar de mensalidades. Nesta gestão, a atual reserva e o superávit da ordem de R$ 9 milhões nos últimos dois anos, foram obtidos com uma administração séria, eficiente e comprometida, com a preocupação de evitar o déficit financeiro registrado em gestões anteriores.

Compartilhe
$masterCache->end(); echo $masterCache->getOutput();