Caros associados,

 

Como sabem, três capivaras estavam habitando o lago do clube.

Estes animais, de hábito noturno, saem do Parque Ecológico e entram no clube pela portaria 1.

Como informamos anteriormente estamos realizando o manejo adequado destes animais. As capivaras são animais silvestres e protegidos por lei. Qualquer tipo de maus tratos contra animais é crime, como rege a lei 9605 art. 32.

A captura destes roedores é bastante complicada, já que a área do clube é grande e a utilização de contenção com anestésicos é inapropriada, pois os animais podem morrer afogados.

Armadilhas foram montadas e dois animais já foram capturados e destinados corretamente para áreas de proteção ambiental, com acompanhamento da polícia militar ambiental e do veterinário do clube Diogo Siqueira. Ainda resta um animal que em breve também será destinado.

Para prevenir a entrada de novos animais, estamos providenciando aparelhos de ultrassom repelentes que serão instalados na portaria 1.

Estes aparelhos emitem um som inaudível para seres humanos, porém afastam estes roedores sem maltratar os animais (quaisquer que sejam).

Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

 

Atenciosamente

 

Diogo Siqueira

Diretoria de saúde e ambiente

 

Compartilhe