2ª via de boleto
 

O peruano Juan Pablo Varillas coroou a melhor semana da carreira conquistando seu título mais importante no dia em que completou 24 anos, ontem (6), no Campeonato Internacional de Tênis.

De virada, ele se tornou apenas o quinto peruano a levantar um troféu de Challenger ao superar o argentino Juan Pablo Ficovich, com parciais de 2/6 7/6(4) 6/2.

“É o nível de tênis mais alto que joguei, espero seguir crescendo e jogando finais desse tipo”, comemorou o primeiro peruano a decidir um Challenger desde 2008.

Com o título, Varillas soma 80 pontos no ranking mundial e faturou US$ 7,2 mil em premiação. Atual 332º na ATP, ele irá subir mais de 90 colocações na lista que será atualizada hoje.

DUPLAS

A jovem parceria gaúcha formada por Orlando Luz e Rafael Matos conquistou o maior título no circuito no Campeonato Internacional de Tênis, na Sociedade Hípica de Campinas. Os cabeças-de-chave 4 buscaram a virada diante dos favoritos, o carioca Fernando Romboli e o mexicano Miguel Angel Reyes-Varela, com parciais de 6/7(2) 6/4 10-8.

“O jogo inteiro foi bem duro, eles jogaram muito bem e a gente estava desconfortável (no começo). Mas a gente ficou sempre junto e se apoiando até que no final do segundo set e no tiebreak conseguimos jogar bem”, avaliou Matos após a partida.

Orlandinho, de 21 anos, e Matos, 23, já haviam conquistado sete ITFs nesta temporada e disputaram em Campinas apenas o segundo Challenger juntos. A conquista é inédita para o canhoto, enquanto Orlandinho levanta o segundo troféu de Challenger em três finais. Com os 80 pontos somados em Campinas, ambos terão as melhores marcas pessoais no ranking de duplas da ATP nesta segunda-feira – Orlandinho aparecerá perto dos 170 do mundo e Matos deve surgir em 231º.

Compartilhe