2ª via de boleto
 

A Hípica ganhou uma Comissão de Acessibilidade, com o objetivo de implantar diferenciais no ambiente, que garantam a melhoria da qualidade de vida das pessoas, buscando resultados sociais positivos e contribuindo para o desenvolvimento inclusivo.

A comissão reúne o presidente da SHC, criador e apoiador de todo o projeto e tem como coordenador o conselheiro Murilo Christ. Entre os membros estão associados que conhecem as dificuldades e as necessidades das pessoas neste segmento.

São eles:

Gabriel Jannini, atleta que coleciona títulos no parabadminton;

Márcia Jannini, mãe do atleta e conhecedora dos desafios e dificuldades enfrentadas pelos portadores de necessidades especiais;

Márcio Urbano, presidente do Conselho Deliberativo que já teve dificuldades neste quesito;

Paulo Monteiro, pai de Pedro Monteiro, portador de necessidades especiais;

Ricardo Araujo - médico e portador de necessidades especiais;

Fernanda Ferreira - mãe do Danilo, sócio e conhecedora de todas as dificuldades enfrentadas pelo filho.

Além de Marcos Coluccini Porto - diretor de patrimônio do clube; engenheiro Marcos – coordenador da área de execução/reformas e Adriana Menegazzo  - secretaria da presidência, auxiliar na comunicação e viabilidade das reformas necessárias. 

Compartilhe