2ª via de boleto
 

Em sua reunião obrigatória pelo Estatuto Social, o Conselho Deliberativo cumpriu todas as normas de segurança preconizadas sem qualquer tipo de problema.

A reunião foi mantida aberta para que, em um futuro onde as condições normais sejam restabelecidas, possamos dar a oportunidade para que a Executiva possa exercer as prerrogativas concedidas pelo corpo associativo.

A proposta enviada ao Conselho em fevereiro, não se tratava de ambicioso Plano de Obras, pois representava cerca de 12% das reservas do clube.

Tratava-se, sim, de um Plano de Obras rotineiro para um clube com boa saúde financeira, dentro de sua capacidade de investimento em épocas normais.

Compartilhe