Na manhã de domingo (20), foi o dia de nossos sócios curtirem o grupo de chorinho Manteiga de Garrafa no Coreto. Os músicos formam uma banda de choro em sua forma tradicional, com uma sonoridade que busca fortalecer e disseminar a cultura da música instrumental brasileira.

O repertório percorreu desde os mais antigos chorões, como Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga, passando pelos consagrados Pixinguinha e Jacob do Bandolim, até os modernos, como[RAN1]  Paulinho da Viola. A música esquentou o coração dos sócios naquela fria manhã.

Composto por Rafael Yasuda (bandolim), André Ribeiro (pandeiro e violão), Daniel Bueno (violão de sete cordas) e Bruna Takeuti (cavaquinho), o grupo campineiro se formou por meio dos encontros em meio às tradicionais rodas de choro que acontecem na cidade e na região.

Desde 2015, o Manteiga de Garrafa está nesse cenário musical e é responsável pelas Segundas de Choro[RAN2] , realizadas há 18 anos no restaurante Empório do Nono, em Barão Geraldo. Em 2016, a banda se apresentou no anfiteatro do Instituto de Artes (IA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e, no Dia da República[RAN3] , no Museu Republicano da Universidade de São Paulo (USP). Em 2017, eles tiveram a honra de dividir o palco com artistas como Corina Meyer, integrante do Choro das 3, Hercules Gomes, Alessandro Penezzi e outros grandes músicos, que foram convidados a “chorar” a beleza da música popular brasileira.

 

Compartilhe