2ª via de boleto
 

O mais tradicional torneio de tênis do Brasil completa 10 anos em 2020 e vai movimentar a Sociedade Hípica de Campinas de amanhã (28), com o qualifying, às 11 horas, até 06 de dezembro, nas quadras 1 a 6. O tenista da equipe de competição da Hípica, Matheus Cury Bueres recebeu um wild card para o qualifying e joga amanhã (28).
O Instituto Sports, organizador do torneio, destaca que serão seguidas todas as normas do protocolo sanitário da atual fase do Governo Estadual e também da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) (leia abaixo). O evento conta ainda com autorização da prefeitura de Campinas.
O Campeonato Internacional de Tênis trará para o clube os melhores jogadores do país no ranking mundial – Thiago Monteiro, Thiago Wild, João Menezes e Guilherme Clezar. O paulista Thomaz Bellucci, atual número 5 do país no ranking mundial, é o primeiro contemplado com um convite para disputar o torneio. A competição acontecerá dentro de rigorosos protocolos de prevenção à covid-19 (leia abaixo).
Atual número 84 no ranking mundial, o cearense Monteiro encabeça a lista de inscritos, seguido pelo também top 100 Federico Coria (91º), da Argentina. Wild (115º), Menezes (204º) e Clezar (268º), único brasileiro a faturar o título, em 2013, concentram as esperanças nacionais.
Entre os estrangeiros, destaque para os argentinos, com oito representantes, entre eles o campeão de 2016, Facundo Bagnis, e o atual vice-campeão, Juan Pablo Ficovich. Juan Pablo Varillas, que fez a festa na edição passada depois de 11 anos sem um título do Peru no circuito, tentará o bicampeonato em Campinas.
O Campeonato Internacional de Tênis integra a série Challenger 80 do circuito mundial, que dá 80 pontos ao campeão no ranking da ATP, além de distribuir premiação de US$ 52.080, o equivalente a R$ 283 mil.
Durante toda a semana, duas quadras terão transmissão on-line pelo live stream da ATP. O canal BandSports irá mostrar ao vivo as semifinais de simples e a decisão de duplas, no sábado (05/12), assim como a final de simples, no domingo (06/12).
PROTOCOLO CONTRA A COVID-19
Evitar a contaminação pelo novo coronavírus será o principal compromisso da organização do ATP Challenger de Campinas. A entrada não será aberta ao público em geral.
“Os tenistas passarão por três testes de RT-PCR durante a semana e nosso staff também será testado. Teremos aferição diária de temperatura e totens com álcool em gel espalhados pela Hípica, o uso de máscara é obrigatório e estaremos atentos no combate à covid-19 para que todos no evento se sintam seguros”, afirma Nelson Aerts, presidente do Instituto Sports.

CONFIRA OS PROTOCOLOS


PARA OS ATLETAS

Testagem de todos os jogadores, e staff do evento. O atleta já chega testado ao evento e ainda juntamente com o staff, árbitros e outros, realiza novas testagens 2 vezes ao longo da semana (segunda e quinta-feira).

Redução do número de árbitros de linha, que serão utilizados somente a partir das semifinais de simples;

Ampliação dos dias de evento de 7 para 9, visando reduzir o fluxo de atletas dia a dia;

Os atletas contarão com local de refeições e sanitários pré-determinados, evitando a circulação pelo clube;

O qualifying será disputado em dias diferentes da chave principal;

Redução da Chave Principal de 48 para 32 atletas;

Maior número de carros para transporte, evitando o acÚmulo de pessoas em um único carro;

Aumento do corpo clínico do evento para 2 médicos e 1 enfermeiros;

Aumento do espaço das salas dos atletas, departamentos médico e outras;

Suprimir ou reduzir a utilização de maçanetas, catracas e qualquer superfície física de contato com as mãos;

Acesso ao clube restrito a nomes enviados previamente pela organização;

Uso obrigatório de máscaras, exceto durante a atividade esportiva;

Álcool em gel na recepção e álcool 70% disponível em todas as quadras;

Aferição da temperatura de todos os envolvidos no evento;

Colocação de cartazes informativos da prevenção do COVID, nas dependências do evento;

Desinfecção e limpeza de ambientes de trabalho de locais coletivos mais expostos ao toque das mãos a cada 2 horas: maçanetas, braços de cadeiras, telefones, bancadas;

Sinalização, layout de estações de trabalho e ambientes de uso coletivo.

EM QUADRA

Troca de lados por lados opostos;

Bancos e cadeiras não poderão ser divididos. Necessário manter distanciamento mínimo de dois metros;

Sem contato físico, sem cumprimentos de aperto de mãos entre árbitros e jogadores.

As toalhas utilizadas em quadra deverão ser levadas pelos atletas, para seu uso exclusivo.

Preparadores físicos e treinadores deverão ficar todo o período usando máscaras de proteção;

Antes e após todas as partidas, os bancos dos atletas, cadeiras de árbitros e toda a superfície tocada pelos atletas em quadra, serão higienizados de acordo com recomendações das entidades competentes;

Serão disponibilizados álcool em gel 70%, bem como toalhas descartáveis para livre uso dos atletas.

PROTOCOLO - PÚBLICO

Aumento da distância entre os associados na arquibancada;

Uso obrigatório de máscaras por todo o staff do evento (incluindo árbitros);

Disponibilização de álcool 70%, toalhas descartáveis para uso de todo staff e do público;

Aumento da frequência da limpeza e higienização das salas operacionais;

Marcação de quadras para treinos, bem como informações do evento realizadas de forma 100% digital;

Informações e atendimento a atletas preferencialmente digital;

Instalação de totem de álcool em gel 70%, pelo complexo.

Site & Redes Sociais - Informações sobre o evento também podem ser acompanhadas pelo site (www.institutosports.com.br), Instagram (@institutosports) e Facebook:
facebook.com/institutosports

Compartilhe
$masterCache->end(); echo $masterCache->getOutput();