2ª via de boleto
 

Mestre na viola ‘caipira’, Paulo Freire acumula profundo conhecimento da cultura brasileira e seus costumes. Foi um pouco desta vivência que ele trouxe para o show ‘Solo de Viola’, que apresentou na Música na Senzala, em 27 de junho.  Ele mostrou como a viola é tocada no sertão e a sua evolução!

Paulo conta que aprendeu a tocar viola no sertão do Urucuia, Minas Gerais. Largou a faculdade de Jornalismo em 1977 e, depois de ler o livro "Grande Sertão: Veredas", de João Guimarães Rosa, foi para o Urucuia, querendo saber qual era o som desse grande sertão. Antes disso, já tocava violão e guitarra. Estudou no CLAM, escola dirigida pelo Zimbo Trio.

Também realizou uma turnê de viola-solo pela Europa, apresentando-se em festivais de World Music da Bélgica e Holanda, em 1995.

O violeiro tem inúmeros CDs e livros lançados.

Compartilhe